terça-feira, 18 de julho de 2017

Circuito Enogastronômico Europa é sucesso na Boccati

Mais de 500 pessoas estiveram presentes na concorrida noite
que reuniu vinhos, gastronomia e cultura

O Circuito Enogastronômico Europa, realizado pela Boccati, recebeu mais de 500 pessoas na loja e na adega subterrânea, em Caxias do Sul, na última sexta-feira, 14 de julho. O evento apresentou mais de 60 rótulos entre vinhos e espumantes do continente Europeu.



A gastronomia ficou por conta do chef Gabriel Lourenço, dos restaurantes Il Rifugio del Gourmet e Di Paolo, pães de Charlie Bakery e queijos e presuntos RAR. Para sobremesa, doces típicos europeus preparados pela chef Ana Ditadi.


 
  
 

Os lounges temáticos contaram com atrações especiais como a dança flamenca de La Serrana, música latina de Kiko Ferrer, jazz com Bibi Jazz Band, salão de beleza com os profissionais da Le Parlour e barbearia JH. Para relaxar, quick massage. Além disso, o evento contou com a recepção do coral Stella Alpina e totem fotográfico.

 
 
 


O Circuito Enogastronômico Europa é o sétimo realizado pela Boccati com o objetivo de difundir os vinhos do mundo. Desde 2014, o evento vem contemplando excelentes vinhos e foi um sucesso de público e crítica nas edições da Itália, Espanha, Brasil, Portugal, América e Argentina.

VEJA O VÍDEO DO EVENTO


VEJA TODAS AS FOTOS DO EVENTO

Fotos Circuito Europa

terça-feira, 27 de junho de 2017

Boccati promove imersão enogastronômica com a temática Europa

Seguindo a tradição dos Circuitos Enogastronômicos,
a Boccati desenvolve a sétima edição do evento


Na noite de 14 de julho, a Boccati realizará o Circuito Enogastronômico Europa. Serão dez mesas com mais de 60 rótulos de vinhos e espumantes europeus. Entre os destaques para degustação estarão: Primitivo Papale D.O.P., Barolo Pietro Rinaldi D.O.C.G., Brancaia Tre Rosso Toscana, Tarima Monastrell Orgânico e Terra Serena Prosecco D.O.C.
 “Temos a intensão de proporcionar aos nossos clientes uma experiência incrível no mundo do vinho, com boa gastronomia e atrações culturais. O Circuito Enogastronômico Europa é o sétimo promovido pela Boccati e neste evento o público terá a oportunidade de imersão no universo do continente europeu”, afirma a coordenadora de marketing da Boccati, Eduarda D´Agostini.
Os rótulos serão harmonizados com pratos típicos preparados pelo chef Gabriel Lourenço, da Sal a Gosto, restaurantes Il Rifúgio del Gourmet e Di Paolo, além dos pães de Charlie Bakery. Para sobremesa, doces típicos europeus preparados pela chef Ana Ditadi.
Das 19h30min às 23h30min, o público poderá circular pelos lounges com temáticas da Europa e apreciar apresentações artísticas, tais como: Bibi Jazz Band, música espanhola de Kiko Ferrer, apresentação de flamenco de La Serrana, coral italiano Stella Alpina e outras atrações como totem fotográfico, quick massage, salão de beleza Le Paulor e Barbearia JH.
Haverá estacionamento com segurança e manobrista além de uma parceria com frota de táxi.

O que: Circuito Enogastronômico Europa.
Quando: 14 de julho, das 19h30min às 23h30min.
Onde: Boccati (Rua Antônio Ribeiro Mendes, 2043, bairro Santa Catarina, Caxias do Sul – RS).
Quanto: R$200,00 (feminino) e R$240,00 (masculino). Os Ingressos podem ser adquiridos na loja física ou virtual – www.boccati.com.br

As vagas são limitadas. Para informações (54) 3224-9900 ou boccati@boccati.com.br.


Cardápio:

Receptivo

Sal a Gosto: 
- Creme de cebola tradicional (França).

Mesas Frias

Sal a Gosto: 
- Caponata siciliana (Itália);
- Sardela (Itália).
Il Rifúgio del Gourmet: 
- Porchetta romana (Itália);
- Queijos artesanais (Europa).
Charlie Bakery: 
- Baguete tradicional (França);
- Cibatta de azeitonas (Itália);
- Focaccia genovese (Itália);
- Grissini tradicional (Itália);
- Pão de figo com brie (França);
- Pão português (Portugal);

- Jamón Serrano.
- Frios variados;

Finger Food 

Sal a Gosto:
- Linguiça bock com mostarda forte (Alemanha);
- Devil´s on horseback (Inglaterra).
Di Paolo: 
- Galeto ao primo canto (Itália);
- Polenta frita (Itália).

Pratos Quentes

Sal a Gosto:
- Paella marinera tradicional (Espanha).

Di Paolo:
- Nhoque ao molho tradicional (Itália);
- Ravioli ao molho de manteiga e sálvia (Itália).


Mesa de Doces 

Chef Ana Paula Ditadi:
- Brigadeiro Brulée (França);
- Panna Cotta (Itália);
- Pastel de Belém (Portugal);
- Tortinha de Maçã (Alemanha);
- Brigadeiro Belga de Colher (Bélgica);
- Torrone (Espanha).


Vinhos:

Mesa 1 – (Brancos e Rosés Europeus)

Barone Montalto Pinot Grigio (Itália)
Bourgogne Bouchard Chardonnay La Vignee (França)
Cest La Vie Syrah Rose  (França)
Chateau L'aumerade Cuvee Marie Christine Rose (França)
Porta 6 Branco (Portugal)
Valduero Garcia Viadero Blanco De Albillo (Espanha)

Mesa 2 (Tintos Europeus)

Dr. Loosen Riesling Trocken Qualitatswein (Alemanha - Branco)
Dr. Loosen Villa Wolf Pinot Noir Tto (Alemanha)
Puklavec & Friends Cabernet Sauvignon  & Merlot  (Eslovênia - Tinto)
Puklavec & Friends Furmint  (Eslovenia – Branco)
Puklavec & Friends Sauvignon Blanc & Pinot Grigio (Eslovênia - Branco)
Soli Pinot Noir Estate Bottled (Bulgária)

Mesa 3 (Portugal)

Casa Do Conego Touriga Nacional Lisboa
Ciconia Alentejano
Duorum Douro Colheita
Filipa Pato Baga
Harmony Natur Herdade De Cadouços 2007 (Orgânico)
Porta 6 Tinto
Quinta Do Convento Pinot Noir
Solo Reserva Touriga Nacional Dão

Mesa 4 (Espanha)

Alceño Premium 50 Barricas Syrah
Cepa 21 Hito Tempranillo
Manuscrito Ribeira Del Duero Tempranillo 2014 (Biodinâmico)
Pata Negra Gran Reserva
Real Compania De Vinos Tempranillo Aged
Tarima Monastrell (Orgânico)
Tinedo Cala Tto Nº 01
Valduero Reserva

Mesa 5 (Itália)

Allegrini Valpolicella Classico
Amarone Della Valpolicella Corte Moschina
Brancaia Tre Rosso Toscana
Chianti Puro Fattoria Lavacciho
Colle Alto Cabernet Corte Moschina
Montepulciano D'abruzzo Caldora
Santa Cristina Toscana

Mesa 6 (Itália)

Barolo Pietro Rinaldi Docg
Ca' Del Profeta Grignolino Saudade
Enzo Boglietti Dolcetto D Alba
Luccarelli Puglia Negroamaro
Luccarelli Rosso Puglia Igp
Primitivo Di Manduria Papale Dop
Ricossa Barbera D'asti

Mesa 7 (França)

Bordeaux Supérieur Château Ferran Saint Pierre Cuvée Barrique (Biodinâmico)
Chateauneuf Du Pape Abel Pinchard
Cotes Du Rhone Cellier
Côtes Du Rhône Léon Perdigal
Domaine De La Pepiere Cuvee Granit - Loire (Orgânico)
Ted The Mule Mediterranee

Mesa 8 (França)

Bastide Miraflors Cotes Catalanes
Bourgogne Bouchard Rouge Pinot Noir
Chateau Grand Lys Bordeaux Superieur
Chateau Reynon Denis Dubourdieu
Marsannay Louis Latour
Patrick Clerget Coteaux Bourguignons Aop

Mesa 9 (Espumantes Europeus)

Don Roman Cava Brut (Espanha)
Porta 6 Espumante Brut (Portugal)
Terra Serena Prosecco Treviso Doc (Itália)
Veuve Du Vernay Ice (França)

Mesa 10 (Vinhos de Sobremesa)

Chateau Doisy Daene Sauternes (França)
San Marzano Passito 11 Filari Primitivo Manduria Dolce (Itália)
Vinho Do Porto Dows Fine Ruby (Portugal)
Vinho Do Porto Dows Fine Tawny (Portugal)

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Primitivo e Zinfandel, as uvas irmãs

A Zinfandel é uma uva muito cultivada nos Estados Unidos, especialmente na Califórnia. Mas, tem plantações em outros países como África do Sul, México e Austrália. Uva de bagas graúdas, de coloração azul-escura que são doces e cheios de sumo. De modo geral, apresenta vinhos com alto teor alcoólico, taninos acentuadas e encorpados; tem como aromas comuns frutas maduras (cereja, framboesa, amora e ameixa), especiarias doces (cravo e canela) e dependendo de seu estágio em barricas, baunilha, tabaco e chocolate. Quanto à harmonização, pode acompanhar vários pratos; principalmente, queijos amarelos, churrascos, pizzas e refeições à base de carne.

Primitivo é a principal casta de Puglia, Sul da Itália. Produz vinhos tintos escuros, encorpados e muito rústicos. Normalmente são ricos em aromas e sabores, fáceis de serem harmonizados, já que emprestam sabor marcante ao paladar. A uva é perfeita para acompanhar pizzas, queijos amarelados e pratos que contenham carne vermelha em sua composição, ou até, o tradicional churrasco. De cor vermelho-púrpura e reflexos laranjas, tem aroma sutil e complexo, originando vinhos encorpados com teor alcoólico elevado. A Primitivo possui notas de ameixa e especiarias, com características de chocolate e tabaco.

Diversos estudos comprovam a semelhança entre essas castas. Análises do DNA informam que as duas variedades praticamente são a mesma. Pesquisas indicam que ambas são originárias da Croácia. Por isso, muitas vezes são chamadas de irmãs.


CONFIRA PROMOÇÕES ESPECIAIS 
DE VINHOS PRIMITIVO E ZINFANDEL

PrimitivoxZinfandel

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Filmes sobre vinho para curtir o feriado


Feriado vem aí... E para você que é viciado em vinhos como nós, preparamos uma seleção especial de filmes com a temática vinho 🍷

O Julgamento de Paris: Em 1976, um sommelier de Paris vai para a Califórnia provar o vinho das novas vinícolas da área e talvez levar algum produto de volta para uma competição na Europa. Baseada em fatos reais, esta comédia mostra como Napa Valley entrou para o mapa como um dos grandes produtores de vinhos do mundo.

           
O Rato Que Ruge: Em um fictício “menor país do mundo”, localizado entre a França e a Suíça, a única fonte de renda existente é a exportação de um famoso vinho para os Estados Unidos. No entanto, uma falsificação feita na Califórnia faz com que o país pare de importar o produto. Pensando em uma resposta, o primeiro-ministro declara guerra aos EUA (esperando alguma ajuda depois da inevitável derrota), mas o problema é que eles "vencem" a guerra e vão ter de enfrentar as consequências.


O Sabor do Amor: Comédia romântica sobre uma jovem que, após a morte do seu pai, herda uma vinícola em Napa Valey, Califórnia. Wendy (Marla Sokoloff) começa a cuidar das atividades da vinícola ao mesmo tempo em que conhece e se apaixona por Chris (Barry Watson). Só que a jovem não sabia que o rapaz era filho de seu principal concorrente. O elenco também conta com a presença de Christopher Lloyd (De volta para o futuro).


Sideways – Entre Umas e Outras: Considerado um dos filmes de vinhos mais marcantes, o longa conta a história de dois amigos que descobrem no vinho e em suas próprias companhias uma forma de aproveitar e refletir um pouco mais sobre a vida. Um fato curioso é que o filme ajudou a Pinot Noir a se transformar em um dos vinhos mais vendidos dos Estados Unidos.


Sob o Sol de Toscana: Nessa divertida comédia romântica, Frances após terminar um relacionamento embarca em um tour pela Toscana e decide dar uma reviravolta na sua vida comprando uma propriedade por lá. No meio dessa grande mudança, ela acaba conhecendo alguém que vai mudar a sua vida.

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Filipa Pato e os vinhos sem maquiagem

Filha do embaixador da uva Baga, Luís Pato, a portuguesa Filipa Pato decidiu aos 20 anos que gostaria de seguir a profissão do pai. Formada em química, nunca havia pensado em ser produtora, mas a vocação falou mais alto, fazendo com que buscasse maneiras de vinificação que se encaixassem ao seu estilo de produzir vinho. De início, recebeu um sonoro “não” de seu pai. Mas, sua avó lhe ofereceu uma antiga vinícola que pertencia ao seu tio em meados de 1888. Ela aceitou a oferta e investiu na estrutura, que embora antiga, era bem planejada. Apesar da negativa inicial Luís, Filipa disse que ele foi um grande incentivador de sua carreira.
Os rótulos produzidos pela enóloga se concentram na região da Bairrada, que é livre de defensivos agrícolas e elaborada à maneira dos antepassados. Para ela, a Baga é varietal, gera vinhos equilibrados com notas de fruta vermelha, musgo e tabaco. Esses vinhos são chamados por Filipa de “Vinhos sem maquiagem”. E, mesmo que no universo dos vinhos portugueses seja comum o uso de mais de um tipo de uva, a família Pato sempre apostou na Baga.
Os vinhos que levam o nome de Filipa Pato são premiados, com notas que passam dos 90 pontos nos principais rankings do segmento. Em 2010 lançou, ao lado do marido, o projeto chamado Vinhos Loucos, no qual é possível experimentar a vinificação ao extremo, com oxidação de seis anos, por exemplo. 



Entrevista gravada para a Revista Vinicola digital.

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Produtos Boccati são destaque na Expovinis 2017

Maior evento de vinhos da América Latina acontece de 06 a 08 de junho, em São Paulo

As taças, champanheiras e acessórios para vinhos e espumantes da Boccati estarão presentes no maior evento de vinhos da América Latina, a Expovinis Brasil 2017. A mostra acontece em São Paulo, de 06 a 08 de junho no Expo Center Norte e terá a Boccati, também, como a fornecedora oficial das champanheiras do evento.


A Boccati vai apresentar ao público sua ampla gama de produtos na feira que reúne os principais produtores, distribuidores e empresas relacionadas ao mercado. Hoje, a marca conta com mais de 500 itens em sua linha de fabricação própria no seu portfólio de produtos e comercializa para todo o Brasil e exterior. No estande, o visitante da Expovinis poderá ver a profusão de cores dos produtos, conectados com as tendências mundiais de design e cores.
A Boccati também apresentará na feira sua linha exclusiva de acessórios Premium, como as maletas e porta-garrafas em courino, além dos kits dedicados aos apreciadores de vinhos e espumantes, como Diário do Vinho, kits Aromas do Vinho, sabres e Coleção Enogastronômica Boccati.


Boccati na Expovinis 2017 – estande B - 101
De 06 a 08 de junho – Pavilhão Branco – Expo Center Norte – São Paulo

terça-feira, 23 de maio de 2017

Harmonização especial para o Dia dos Namorados

Nada melhor do que brindar o Dia dos Namorados com um belo vinho ou espumante, acompanhado de um prato delicioso!



Preparamos uma seleção de rosés especialmente para essa data <3

 Dia dos Namorados

E também, dicas de pratos que podem ser harmonizados com vinhos rosés!

RISOTO DE CAMARÃO E MASCARPONE COM ALHO-PORÓ CROCANTE


Ingredientes
  • 250g de arroz arbório
  • 50g de cebola picada
  • 200g de camarões frescos limpos sem cabeça
  • 80ml de vinho branco seco ou prosseco -120g de alho-poró
  • 30g de farinha de trigo
  • 80g de mascarpone
  • 60g de grana padano
  • 70ml de azeite
  • 30g de manteiga gelada
  • Sal e pimenta-do-reino (a gosto)
  • 500ml de caldo de legumes ou de peixe

Preparo

Corte o alho-poró em tiras bem finas e passe na farinha de trigo. Aqueça o óleo a 150ºC, adicione o alho-poró e frite cuidadosamente para que não escureça e reserve. Após, aqueça o caldo de legumes ou de peixe e deixe reservado. Em outra panela adicione a cebola e 20ml de azeite.Refogue até ficar ligeiramente transparente e adicione o arroz arbório. Depois, refogue o arroz por alguns segundos em fogo médio/alto, tomando cuidado para que o arroz não escureça. Agora adicione o vinho até que o mesmo evapore totalmente. Adicione o caldo até cobrir ligeiramente o arroz, um pouco de sal e de pimenta.
No início mexa constantemente com uma colher para que o amido do arroz seja liberado com mais facilidade. Então, observe após os dez a 12 minutos de cozimento o ponto do grão do arroz arbório. Em uma frigideira, saltear os camarões rapidamente com um fio de azeite, sal e pimenta. Por último, adicione ao arroz.

Finalização do prato:

Quando o arroz estiver a um minuto antes do ponto de cozimento desejado, desligue o fogo e adicione o mascarpone, o grana padano, 60ml de azeite, a manteiga gelada e misture até homogeneizar por completo. Se desejar o ponto do risoto mais cremoso será preciso adicionar um pouco mais do caldo. Coloque em dois pratos fundos e acrescente o alho-poró crocante no centro do risoto. Está pronto para servir!

Créditos: Chef Maurício Barbosa

RAVIÓLI DE ESPINAFRE COM RICOTA EM DOBRO


Ingredientes

Massa:
  • 6 ovos
  • 800g de farinha de trigo
Recheio:
  • 300g de ricota
  • 30g de salsa
  • 30ml de azeite extravirgem
  • 1 dente de alho pequeno amassado
  • Sal (a gosto)
Molho:
  • 1l de molho de tomate
  • 250g de ricota
  • 1 maço de manjericão
  • 200g de cebola
  • 100ml de azeite
  • Sal e pimenta (a gosto)
Modo de preparo

Massa:
Peneire 600g de farinha de trigo e abra um buraco para colocar os ovos. Misture até obter uma massa homogênea. Trabalhe essa mistura pressionando com a palma da mão. Após, guarde em papel filme na geladeira por 50 minutos. Abra a massa em folhas finas, polvilhando com o restante da farinha para não grudar. Depois, coloque uma colher (chá) de recheio e cubra com outra folha de massa. Corte da forma desejada e reserve.

Recheio:
Pique bem a salsa e misture todos os ingredientes e amasse bem.

Molho:
Em uma frigideira, doure a cebola no azeite e acrescente a ricota triturada. Acrescente o manjericão e deixe por dois minutos. Depois, coloque o molho de tomate e deixe apurar por dez minutos. Por último, tempere com sal e pimenta.

Créditos: Chef Marcelo de Andrade