terça-feira, 23 de maio de 2017

Harmonização especial para o Dia dos Namorados

Nada melhor do que brindar o Dia dos Namorados com um belo vinho ou espumante, acompanhado de um prato delicioso! 

Preparamos uma seleção de rosés especialmente para essa data <3

 Dia dos Namorados

E também, dicas de pratos que podem ser harmonizados com vinhos rosés!

RISOTO DE CAMARÃO E MASCARPONE COM ALHO-PORÓ CROCANTE


Ingredientes
  • 250g de arroz arbório
  • 50g de cebola picada
  • 200g de camarões frescos limpos sem cabeça
  • 80ml de vinho branco seco ou prosseco -120g de alho-poró
  • 30g de farinha de trigo
  • 80g de mascarpone
  • 60g de grana padano
  • 70ml de azeite
  • 30g de manteiga gelada
  • Sal e pimenta-do-reino (a gosto)
  • 500ml de caldo de legumes ou de peixe

Preparo

Corte o alho-poró em tiras bem finas e passe na farinha de trigo. Aqueça o óleo a 150ºC, adicione o alho-poró e frite cuidadosamente para que não escureça e reserve. Após, aqueça o caldo de legumes ou de peixe e deixe reservado. Em outra panela adicione a cebola e 20ml de azeite.Refogue até ficar ligeiramente transparente e adicione o arroz arbório. Depois, refogue o arroz por alguns segundos em fogo médio/alto, tomando cuidado para que o arroz não escureça. Agora adicione o vinho até que o mesmo evapore totalmente. Adicione o caldo até cobrir ligeiramente o arroz, um pouco de sal e de pimenta.
No início mexa constantemente com uma colher para que o amido do arroz seja liberado com mais facilidade. Então, observe após os dez a 12 minutos de cozimento o ponto do grão do arroz arbório. Em uma frigideira, saltear os camarões rapidamente com um fio de azeite, sal e pimenta. Por último, adicione ao arroz.

Finalização do prato:

Quando o arroz estiver a um minuto antes do ponto de cozimento desejado, desligue o fogo e adicione o mascarpone, o grana padano, 60ml de azeite, a manteiga gelada e misture até homogeneizar por completo. Se desejar o ponto do risoto mais cremoso será preciso adicionar um pouco mais do caldo. Coloque em dois pratos fundos e acrescente o alho-poró crocante no centro do risoto. Está pronto para servir!

Créditos: Chef Maurício Barbosa

RAVIÓLI DE ESPINAFRE COM RICOTA EM DOBRO


Ingredientes

Massa:
  • 6 ovos
  • 800g de farinha de trigo
Recheio:
  • 300g de ricota
  • 30g de salsa
  • 30ml de azeite extravirgem
  • 1 dente de alho pequeno amassado
  • Sal (a gosto)
Molho:
  • 1l de molho de tomate
  • 250g de ricota
  • 1 maço de manjericão
  • 200g de cebola
  • 100ml de azeite
  • Sal e pimenta (a gosto)
Modo de preparo

Massa:
Peneire 600g de farinha de trigo e abra um buraco para colocar os ovos. Misture até obter uma massa homogênea. Trabalhe essa mistura pressionando com a palma da mão. Após, guarde em papel filme na geladeira por 50 minutos. Abra a massa em folhas finas, polvilhando com o restante da farinha para não grudar. Depois, coloque uma colher (chá) de recheio e cubra com outra folha de massa. Corte da forma desejada e reserve.

Recheio:
Pique bem a salsa e misture todos os ingredientes e amasse bem.

Molho:
Em uma frigideira, doure a cebola no azeite e acrescente a ricota triturada. Acrescente o manjericão e deixe por dois minutos. Depois, coloque o molho de tomate e deixe apurar por dez minutos. Por último, tempere com sal e pimenta.

Créditos: Chef Marcelo de Andrade

terça-feira, 16 de maio de 2017

Todo o charme da Bodega Garzón

Localizada próximo a vários pontos turísticos uruguaios, como Punta del Leste, La Barra, e José Ignacio, a Bodega Garzón é um paraíso turístico uruguaio. Suas paisagens variadas, seu enclave natural e a combinação perfeita de história e futuro fizeram com que as zonas limítrofes do vilarejo desenvolvessem empreendimentos gastronômicos e hoteleiros exclusivos, com um ar de grande sofisticação. A Garzón é um projeto com mais de 240 hectares de vinhedos, pertencente ao Grupo Agroland e fundada pelo argentino Alejandro Bulgheroni.


Esse peculiar cenário oferece um entorno que não poderia ser melhor para nossas plantações; o terroir faz a diferença. Os vinhos são elaborados sob a consultoria de Alberto Antonini, referência mundial em produção de vinhos premium.
"Nós estamos focados em fazer vinhos distintos se tornarem um ícone em nível mundial. A biodiversidade, a estrutura e composição do solo, as colinas arredondadas e a exposição que fornecem para as vinhas, a proximidade ao mar e a brisa limpa e fresca fazem da Gárzon um lugar muito natural, preservado e único para produzir vinhos premium". - diz Bulgheroni.
A geologia da zona de Garzón pertence ao que se conhece como Embasamento Cristalino, que deu origem aos solos há mais de 2.500 milhões de anos. O solo é de pedra muito fina, excelente drenagem e com muitíssimos minerais, que as raízes das parras absorvem, proporcionando ao vinho mineralidade, vibração, complexidade e elegância. Outro elemento importante é influência do Oceano Atlântico, que está a apenas 18km de distância. Isso se traduz em uma constante e muito agradável brisa fresca para as uvas, efeito que também se reflete nos vinhos.




Experiências Garzón

Para os amantes do vinho e da gastronomia, a Bodega Garzón se torna um destino obrigatório. Há programas turísticos afim de degustar paisagens extraordinárias, excelentes vinhos, azeites de oliva extra virgem a atendimento personalizados durante a visita. 


O restaurante, situado no alto do riacho, tem capacidade para 120 pessoas. Trata-se de uma sala principal, amplos terraços, grelhas para diferentes carnes e um espaço privado com terraço próprio com uma vista privilegiada para os riachos, as cordilheiras e os vinhedos. O cardápio inclui diferentes pratos tradicionais com produtos frescos de cada estação que podem ser acompanhados com vinhos da adega e do resto do mundo, junto aos azeites extra virgem Colinas de Garzón.




Gostou?! Enquanto não é possível ir até lá, confira a linha Bodega Garzón em nosso site!

 Bodega Garzón

terça-feira, 9 de maio de 2017

Circuito Enogastronômico Argentina é sucesso na Boccati



Mais de 500 pessoas estiveram presentes na concorrida noite
que reuniu vinhos, gastronomia e cultura


O Circuito Enogastronômico Argentina, realizado pela Boccati, recebeu mais de 500 pessoas na loja e na adega subterrânea, em Caxias do Sul, na última sexta-feira, 05 de maio. O evento apresentou vinhos e espumantes das principais regiões da Argentina. Os mais de 60 rótulos disponíveis para degustação foram apresentados pelos experts Bruno Motter, Felipe Bebber, Felipe Michelon, Gabriel Lourenço, Luciano da Rosa, Maicon Motter, Manuela Oltramari, Mirian Spuldaro e Naraiana Neves.




A gastronomia ficou por conta dos chefs da Escola de Gastronomia da UCS, além de frios e pães e empanadas argentinas. Para completar o evento, doces temáticos da Argentina, à base de doce de leite por Ana Paula Ditadi; os gelatos da Sorvelândia e o café da Bom Jesus.



Os lounges temáticos contaram com atrações especiais como o tango da Cia. de Dança Paulo Pinheiro, o acústico de Beto Vianna e salão de beleza com os profissionais da Le Parlour. Para relaxar, quick massage. Além disso, o evento contou com a recepção do violinista João Pedro Gregol, totem e painel para fotos.




O Circuito Enogastronômico Argentina é o sexto realizado pela Boccati com o objetivo de difundir os vinhos do mundo. Desde 2014, o evento vem contemplando excelentes vinhos e foi um sucesso de público e crítica nas edições da Itália, Espanha, Brasil, Portugal e América. E, para quem não pode prestigiar, em julho tem mais!


domingo, 30 de abril de 2017

O que são vinhos biodinâmicos?

Conforme conceitos da biodinâmica, a agricultura e a propriedade devem ser vistas como um sistema vivo, que necessita estar em equilíbrio. Trata-se de uma filosofia em que a biodiversidade ao redor da vinícola deve ser completamente respeitada. Para isso, é necessário utilizar métodos agrícolas naturais, considerando também as fases da lua e energias na natureza.

Na produção de um vinho biodinâmico, o cultivo das castas de uvas não envolve fertilizantes e compostos sintéticos, mas sim, somente produtos orgânicos. Os produtores utilizam chás minerais para equilibrar carências do solo; plantações de rosas entre as videiras para controle de pragas; além de realizar a colheitas das uvas e engarrafamento do vinho de acordo com os ciclos lunares.  Desse modo, o produtor interpreta a natureza e faz dela sua aliada, utilizando o que ela é capaz de oferecer.


Pode-se dizer que os vinhos biodinâmicos oferecem maior complexidade e autenticidade que os produzidos sob métodos tradicionais. Como a interferência do homem é mínima nesse processo e a proximidade com a natureza é grande, o vinho dinâmico pode ser considerado a expressão máximo de um terroir, pois são capazes de refletir suas reais especificidades e variedades.
Com isso, esse tipo de vinho também é reconhecido com mais saudável e de melhor qualidade. A eliminação de produtos sintéticos no cultivo das uvas resulta na produção de alguns dos vinhos mais intensos, com aromas e sabores acentuados do mundo.  

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Boccati promove imersão enogastronômica pela Argentina

Seguindo a tradição dos Circuitos Enogastronômicos,
a Boccati desenvolve a sexta edição do evento com o tema Argentina.



Na noite de 05 de maio, a Boccati realizará o Circuito Enogastronômico Argentina. Serão onze mesas com mais de 60 rótulos argentinos. Entre os destaques para degustação estarão: Trapiche Medalla Cabernet Sauvignon, Cadus Tri Malbec, Don Nicanor Barrel Select Malbec, Septima Gran Reserva Blend e Vistalba Corte C.
Os vinhos e espumantes serão apresentados por um time experts da área: o enólogo Bruno Motter, o enólogo Felipe Bebber, o sommelier Felipe Michelon, o chef e sommelier Gabriel Lourenço, o sommelier Luciano da Rosa, o especialista em marketing de vinhos Maicon Motter, chef e Master in Wine Business Manuela Oltramari, a sommelier Mirian Spuldaro e a maître Naraiana Neves.
“Percebemos que nosso cliente tem buscado mais conhecimento no mundo do vinho, mas que, além disso, procura agregar boa gastronomia e cultura às suas experiências. Esse é o intuito do sexto Circuito Enogastronômico da Boccati - depois de Itália, Espanha, Brasil, Portugal e América – agora o público terá a oportunidade de imersão no universo argentino”.
Os rótulos serão harmonizados com pratos preparados pelos chefs da Escola de Gastronomia da UCS. Entre as delícias da noite estarão: pães e frios; pratos quentes: carbonada, assados, batata recheada, provoleta, risoto de ervas aromáticas.
Empanadas argentinas da Doña Margarita e sobremesas à base de doce de leite feitas pela chef Ana Ditadi também farão parte da gastronomia oferecida ao público.
Além da gastronomia típica da Argentina, o evento contará com os sorvetes da Sorvelândia.
Das 19h30min às 23h30min, o público poderá circular pelos lounges com temática do país e apreciar apresentações artísticas, tais como música acústica, quick massage, um incrível show de tango e outras atrações.
Haverá estacionamento com segurança e manobrista além de uma parceria com frota de táxi.

O que: Circuito Enogastronômico Argentina.
Quando: 05 de maio, das 19h30min às 23h30min.
Onde: Boccati (Rua Antônio Ribeiro Mendes, 2043, bairro Santa Catarina, Caxias do Sul – RS).
Quanto: R$170,00 (feminino) e R$220,00 (masculino). Os Ingressos podem ser adquiridos na loja física ou virtual – https://goo.gl/4Vh605 INGRESSOS ESGOTADOS

As vagas são limitadas. Para informações (54) 3224-9900 ou boccati@boccati.com.br.

Cardápio:

Culinária Típica

  • Ilhas de Frias:
- Media Luna (Sem Recheio)
- Pão Cremona
- Pão Baguete Bem Cascuda
- Língua de Sogra
- Pizza de Padaria (Focaccia Napoletana)
- Presunto Cozido Artesanal e Presunto Cru
- Copa Artesanal
- Mortadela
- Salame Cozido e Salame Cru
- Picles
- Nozes, Amêndoas e Avelã
- Pão de Mel
- Provolone
- Queijo Serrano
- Queijo Fresco
- Queijo Brie com Nozes
  • Ilhas Quentes:
- Carbonada
- Assados: Bife de Choriço, Entrecot Inteiro e Salsicha com molhos Chimichurri e Vinagrete
- Batata Recheada
- Provoleta
- Risoto de Ervas Aromáticas
  • Ilha de Empanadas:
- Carne (Pino): Carne Bovina , Cebola, Uvas Passas, Azeitona, Ovo e Temperos Especiais
- Frango: Frango, Cebola, Molho de Tomate Artesanal, Manjericão, Pimentões, Tempero Verde, Curry e Temperos Especias
- Espinafre: Folhas de Espinafre, Nata, Parmesão Ralado Uruguaio e Temperos Especiais
- Maçã: Maçã, Suco de Limão, Açúcar, Canela, Cravo e um toque de Baunilha
- Gorgonzola: Creme de Gorgonzola com Cebola e Temperos Especiais
- Romeu e Julieta: Queijo e Goiabada
  • Ilha de Doces:
- Brigadeiro Gourmet de Doce de Leite
- Flan de Doce de Leite
- Tartelette de Doce de Leite
- Mousse de Doce de Leite
- Alfajores com Coco Ralado
- Fondue de Doce de Leite com Frutas


Vinhos:

Mesa 1 (Brancos) – Sommelier Mirian Spuldaro
  • Alta Vista Premium Estate Torrontés
  • Colome Torrontés
  • Dona Paula Estate Riesling
  • Las Perdices Viogner
  • Tomero Classic Sauvignon Blanc
  • Pulenta Estate XIV Pinot Gris

Mesa 2 (Brancos e Rosés) – Maître Naraiana Neves
  • Escorihuela Gascon Pequenas Producciones Chardonnay
  • Familia Schroeder Saurus Chardonnay
  • La Flor de Pulenta Malbec Rosé
  • Las Perdices Malbec Rosé
  • Norton Lady Chardonnay
  • Tamari Reserva Rosé
  • Trapiche Las Palmas Chardonnay

Mesa 3 (Pinot Noir) – Chef - Master in Wine Business Manuela Oltramari
  • Familia Schroeder Saurus Select Pinot Noir
  • Luigi Bosca Pinot Noir
  • Nieto Senetiner Pinot Noir
  • Pulenta Estate IX Pinot Noir
  • Trapiche Roble Pinot Noir
  • Zorzal Terroir Unico Pinot Noir

Mesa 4 (Cabernet Sauvignon) – Sommelier Felipe Michelon
  • Angelica Zapata Cabernet Franc
  • Caballero de La Cepa Reserva Cabernet Sauvignon
  • Catena Cabernet Sauvignon
  • El Enemigo Cabernet Franc
  • Escorihuela Gascon Cabernet Franc
  • Terrazas Reserva Cabernet Sauvignon
  • Trapiche Medalla Cabernet Sauvignon

Mesa 5 (Monovarietais) – Sommelier Luciano da Rosa
  • Finca La Anita Luna Syrah
  • Las Moras Reserva Sangiovese
  • Luigi Bosca Merlot
  • The Apple Doesn't Fall Far From The Tree  - Bonarda
  • Tomero Reserva Petit Verdot
  • Trapiche Broquel Bonarda
  • Viña Cobos Felino Merlot

Mesa 6 (Malbec) – Enólogo Bruno Motter
  • Achaval Ferrer Malbec
  • Argento Reserva Malbec
  • Cadus Tri Malbec
  • Don Nicanor Barrel Select Malbec
  • La Celia Elite Gran Reserva Malbec
  • Norton King Malbec
  • Patron Santiago Reserva Malbec
  • Tamari Zhik Malbec

Mesa 7 (Malbec) – Especialista em Marketing do Vinho Maicon Motter
  • Alfredo Roca Reserva de Família Malbec
  • Colome Autentico Malbec
  • Norton Malbec Doc
  • Riccitelli Hey Malbec
  • San Pedro de Yacochuya Malbec
  • Trapiche Malbec Single Vineyard Suarez Lastra
  • Viña Cobos Felino Malbec

Mesa 8 (Blend) – Chef – Sommelier Gabriel Lourenço
  • Don Nicanor Blend
  • Dona Paula Estate Black Edition Blend
  • Finca Flichman Expressions Reserva Malbec - Cab Sauvignon
  • Luigi Bosca de Sangre
  • Nieto Senetiner Blend Collection Malbec/Cab. Franc/Petit Verdot
  • Patron Santiago Gran Reserva Corte Cab / Merlot
  • Pulenta Estate Vii Gran Corte

Mesa 9 (Blend) – Enólogo – Felipe Bebber
  • Alta Vista Atemporal Limited Edtion Malbec/Touriga Nacional
  • La Celia Reserva Malbec/Cabernet Franc
  • Las Perdices Don Juan Reserva
  • Finca Flichman Paisaje de Barrancas Blend
  • Septima Gran Reserva Blend
  • Vistalba Corte A Blend
  • Vistalba Corte C Malbec Cabernet

Mesa 10 (Espumantes)
  • Variados drinks com espumantes argentinos

Mesa 11 (Vinhos de Sobremesa)
  • Norton Cosecha Tardia Branco
  • Norton Cosecha Tardia Rosé


Confira o mapa do evento
Clique na imagem para ampliar


terça-feira, 18 de abril de 2017

Pop Art nos produtos Boccati

O termo Pop Art surgiu da abreviação das palavras em inglês Popular Art, para denominar a arte popular que possui em sua estética a iconografia da televisão, da fotografia, dos quadrinhos, da publicidade e do cinema.
Esse movimento artístico dos anos 1950 voltou com força nos dias atuais. Pensando nisso, a Boccati incorporou em alguns de seus produtos essa arte que possui grande valor e significado histórico.

O Banco Champanheira é ideal para eventos, festas, praia e piscina. Um produto diferenciado que pode ser usado como champanheira, porta copos, bandeja, petisqueira e como banco. O item comporta até 8 long necks ou 5 garrafas de 750ml. Além de todas essas utilidades, é um ótimo item de decoração no estilo Pop Art.


Também no costume moderno, segue a linha de Porta garrafa em E.V.A., que é uma excelente opção para transportar garrafas com estilo e segurança.  Já a linha de Porta Garrafa em Neoprene é uma ótima dica para presentear quem gosta de espumante, além de manter a bebida gelada por até 3 horas.

 

 

Os cooler em poliéster com gel térmico também levam em sua estampa imagens relacionadas ao estilo. Ele mantém a bebida gelada por 2 horas. Seu interior é de gel térmico, inodoro e atóxico.

 

Excelente opção de presente, a caixa modelo exclusivo Boccati, também segue nos moldes do Pop Art. Ela contém 1 cooler em poliéster com gel térmico, 2 taças para espumante em PS 170 ml, 1 tampa para espumante. Seu tamanho é de 35x26,5x7.

 

Todos esses produtos podem ser encontrados na loja física e virtual da Boccati – atacado.boccati.com.br – pelo telefone (54)3224.9900 ou e-mail boccati@boccati.com.br. Entregas em todo o Brasil.

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Coordenadora de comunicação da Boccati é jurada do MasterChef

A coordenadora de comunicação da Boccati, Eduarda D’Agostini, estava entre os convidados da edição do MasterChef exibida no dia 4 de abril. O episódio gravado na Serra Gaúcha, contou com a presença de 80 experts ligados à enogastronomia, tais como administradores do setor vitivinícola, chefs de cozinha, jornalistas e enófilos.

  

Sob comando dos chefs Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin, os competidores - divididos em duas equipes - criaram uma entrada, um prato principal e uma sobremesa. Os cardápio deveria utilizar ingredientes locais, sendo harmonizados com os rótulos: espumante Valduga Brut 130, vinho Aurora Reserva Merlot, e espumante Casa Perini Moscatel Rosé Aquarela.

Para D’Agostini, a ocasião foi uma grande oportunidade de valorizar os vinhos e espumantes nacionais, bem como a gastronomia da Serra Gaúcha. “Sempre apreciei o MasterChef, mas também, sentia falta de um tema relacionado à harmonização; já que, um vinho tanto pode evidenciar o prato como prejudicá-lo. A bela paisagem da vinícola, a gastronomia e os vinhos me proporcionaram uma ótima experiência, feliz por participar”, aponta a coordenadora.

Confira as fotos do cardápio:

Entrada - Harmonizada com Valduga Brut 130


Prato Principal - Harmonizado com Aurora Reserva Merlot


Sobremesa - Harmonizada com Casa Perini Moscatel Rosé Aquarela