segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Top 5: a lista dos cinco vinhos mais caros do mundo



Confira a lista dos mais caros vinhos do mundo, conhecida como Top 5, com comentários de Ennio Federico, um dos melhores e mais respeitados enófilos deste país:

Champagne Heidsieck Monopole Diamant Bleu 1907: Também conhecida como “Shipwrecked” 1907 Heidsieck, pertence a um lote recuperado de um navio naufragado durante a Primeira Guerra Mundial. Das 3 mil garrafas enviadas para a corte imperial do tzar Nicholas II, apenas poucas em estado perfeito foram retiradas do mar em 1997. Esse champanhe é servido para os membros da elite russa e clientes abastados no hotel Ritz-Carlton, em Moscou, por US$ 275,000 cada garrafa.

Château Lafite 1787: Em 1985, o publicitário Christopher Forbes, filho de Malcom, da Forbes Magazine, comprou essa garrafa num leilão em Nova York por US$ 160,000. Acredita-se que tenha pertencido ao presidente Thomas Jefferson, pois as iniciais THJ se encontram gravadas no vidro. Hoje, como valioso item de colecionador, essa garrafa deve alcançar o preço aproximado de US$ 315,000.

Château Margaux 1787: Um vinho caro para nunca mais ser vendido. Em 1989, outra garrafa também da coleção de Thomas Jefferson foi avaliada pelo seu proprietário, um negociante de vinhos de Nova York chamado William Sokolin, por um preço astronômico: US$ 500,000. O alto preço pode ter sido um golpe de publicidade, mas nunca foi testado. Quando Sokolin levou o vinho consigo para um jantar somente com Margaux no hotel Four Seasons, um garçom, descuidadamente, derrubou a garrafa quebrando-a. Por sorte, o vinho estava no seguro, e ele recebeu US$ 225,000. Ainda bem!

Romanée-Conti 1945: É um dos vinhos mais caros já vendidos num leilão de vinhos raros da Christie´s, em Genebra. Outro colecionador americano arrematou a garrafa por US$ 123,899 em maio de 2007. Somente 600 garrafas desse vinho foram produzidas no final da Segunda Grande Guerra, sendo a safra de 1945 a última na qual a colheita foi feita em vinhas pré-phylloxera não enxertadas.

Screaming Eagle Cabernet 1992: Uma garrafa de formato imperial (6 litros) desse vinho tecnicamente alcançou o maior preço já pago por uma garrafa de vinho. Entretanto, é preciso considerar que a finalidade do Napa Valley Wine Auction 2000 era para obras de caridade. A garrafa foi comprada por um executivo de uma empresa de informática por US$ 500,000.

Confira mais histórias e curiosidades sobre vinhos no Livro Vinhos: histórias, particularidades e seus destilados da Coleção Enogastronômica da Boccati.


segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

14 de fevereiro é dia de celebrar o amor



O dia 14 de fevereiro marca o Valentine’s Day, o dia dos namorados, para a maior parte do mundo. Antes de envolver chocolates, cartões com mensagens fofas ou flores e, com sorte, muito amor, sua história teve origem no Império Romano.

Na época, o general Cláudio II havia proibido o casamento durante as guerras porque ele acreditava que solteiros eram soldados melhores. Foi aí que o bispo Valentim resolveu dar uma mão aos apaixonados. Ele burlou a norma e ajudou os casais unindo-os em matrimônio.

O santo foi descoberto e condenado à morte. A história dá conta de que, enquanto estava preso, recebeu diversas cartas de jovens que afirmavam ainda acreditar no amor. Encarcerado, ele acabou se apaixonando pela filha cega de um dos guardas da prisão. Antes de morrer, ele teria devolvido a visão a ela de forma milagrosa.

Valentim foi morto em 14 de fevereiro e reconhecido como mártir pela Igreja Católica. Curiosamente, este dia marcava a celebração, na Roma Antiga, de Juno – deusa da fertilidade – e Pan – da natureza. 
No Brasil, o motivo pelo qual o dia dos namorados é comemorado em 12 de junho é bem menos sentimental. Até 1949, não existia essa comemoração por aqui.

Mesmo assim, a escolha não foi totalmente aleatória: ela marca a véspera do dia de Santo Antônio, o famoso frei português que ganhou fama de “casamenteiro”.

Curiosidades:


  • Cerca de 35 milhões de chocolates em forma de coração são comprados no mundo na data. São produzidas 8 bilhões de balas em forma de coração todos os anos. Os namorados trocam 50 milhões de rosas todos os anos no Valentine’s Day (75% delas são compradas por homens).
  • Os norte-americanos compram 1 bilhão de cartões no Valentine’s Day. É o maior volume de vendas de cartões do ano (supera até os tradicionais cartões de Feliz Natal). Quem mais recebe esses cartões, nessa ordem, são: professoras, filhos, mães, esposas, namoradas e bichos de estimação.
  • A cidade italiana de Verona, palco do romance “Romeu e Julieta” de William Shakespeare, recebe no dia 14 de fevereiro milhares de cartas endereçadas a Julieta.
  • Mais de 9 milhões de pessoas compram presentes para seus animais de estimação no dia dos namorados.
  • Nos Estados Unidos, estima-se que 15% das mulheres recebem flores enviadas por elas mesmas no dia dos namorados. Estranho né?!
  • 220 mil é o número aproximado de pedidos de casamento no dia dos namorados todos os anos.


Mesmo que não seja habitual, por que não celebrar o Valentine’s Day também no Brasil? Afinal, dizer eu te amo e abrir uma boa garrafa de vinho para comemorar é sempre muito bom e todo mundo adora! 

Conheça aqui nossas opções de vinhos para desfrutar com seu amor!

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Quem inventou o champagne?



Ele não foi inventado, foi descoberto! Na região do champagne, o vinho tende a formar bolhas naturalmente. Por isso, antigamente, ele fermentava antes de ser colocado na garrafa; e com o passar do inverno e o aumento da temperatura, o vinho - já na garrafa - voltava a fermentar, produzia bolhas e a rolha estourava, explodindo a garrafa. Era um problema. Perdia-se até 80% da produção do champagne.

Hoje, o vidro das garrafas é mais resistente e as rolhas possuem maior qualidade. Os champagnes são produzidos pelo Método Tradicional, no qual, o vinho base é engarrafado, adicionam-se açúcares e leveduras. Após, a garrafa é selada e estocada para que aconteça a segunda fermentação, aquela que cria as borbulhas.

Nem todo espumante é um champagne, mas todo champagne é um espumante. Só podem ser chamados de champagne os espumantes fermentados na Região do Champagne na França, com as uvas Chardonnay, Pinot Noir e Pinot Meunier. Os outros vinhos espumantes não têm direito a esse nome.

Sendo assim, quando produzidos em outras regiões da França, são chamados de Vins Mousseux ou Crémants. Na Espanha, é produzido com uvas nativas e sua denominação é Cava. Em solo alemão, o espumante é chamado Sekt. 

Em países de língua inglesa é sparkling wine. Na África do Sul, elaborado pelo método champenoise, é Cap Classique. Na Itália, é Spumanti, e os mais conhecidos são: os Asti, o Franciacort e o Prosecco. O espumante brasileiro ainda não tem um nome próprio, mas se destaca como o melhor da América do Sul.

Saiba mais no livro Vinho - histórias, particularidades e seus destilados, da Coleção Enogastronômica da Boccati.

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Farinha Branca X Farinha Integral

Conheça as principais diferenças



A diferença essencial da farinha branca e da farinha integral está na quantidade de nutrientes e na presença de fibras da farinha integral. A farinha branca passa por um processo de refinamento que elimina grande parte de seus nutrientes. A farinha integral, por outro lado, não passa por esse processo e preserva seus nutrientes, que incluem proteínas, minerais, vitaminas e fibras.

Apesar de a farinha integral ter a mesma quantidade de calorias que a farinha branca, nela é possível encontrar as vitaminas B1, B6, magnésio, selênio, zinco, enquanto que na farinha branca não há a presença desses nutrientes.

Como saber se um pão na padaria ou mesmo industrializado é integral?

Segundo a Anvisa, os ingredientes do alimento aparecem no rótulo na ordem decrescente de quantidade. Portanto, se procuramos um item realmente integral, o primeiro ingrediente deve ser a farinha integral (trigo, centeio ou outra).

Existem preparos exclusivos para cada tipo de farinha?

Sim. A farinha branca é indicada para a preparação de massas leves e delicadas, como pão de ló, massas folhada, bolos confeitados. Já a farinha integral para massas mais consistentes, como pão integral e de centeio, bolos de frutas e cereais, biscoitos sem recheios.


sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Boccati é presença confirmada na maior feira de decoração e acessórios para casa do mundo


Feira Ambiente ocorre no mês de fevereiro, em Frankfurt, na Alemanha


A Boccati estará presente, com seus Produtos Exclusivos, no evento responsável por ditar as principais tendências mundiais de design para artigos de decoração, presentes e acessórios para casa. A feira Ambiente, que acontece de 10 a 14 de fevereiro de 2017, em Frankfurt na Alemanha, tem o intuito de proporcionar um ambiente multicultural, onde as tendências de decoração se misturam, sempre com foco na inovação e sustentabilidade.
                                         Crédito: Igor Farias Coelho
No estande da Boccati, os visitantes vão poder conferir as champanheiras, copos, taças e souvenirs que conjugam funcionalidade e beleza e lançamentos que fazem parte dos quase 400 itens do portfólio de exportação.

As champanheiras, copos e taças da Linha Eco Boccati serão destaque na feira, que traz a sustentabilidade como essência. Produzidos através do material polipropileno ecológico, que torna os produtos atóxicos, resistentes e ecológicos, os produtos são uma iniciativa que busca respeitar o meio ambiente.

A preocupação com o meio ambiente e a inovação andam lado a lado, como é o caso da produção das moringas, que trazem para os dias atuais, de um jeito moderno e sustentável, a preocupação com a saúde e o meio ambiente. O intuito do produto é incentivar o consumo de água e eliminar o uso de copos e garrafas descartáveis. A moringa pode ser utilizada em casa ou no escritório, sendo excelente opção de presente empresarial para colaboradores e clientes.

O evento que, em sua última edição, registrou mais de 135 mil visitantes, contará com participantes de 143 países. Além de exposições, shows e cerimônias de premiação também estão na programação da Ambiente The Show 2017.

Saiba mais sobre a feira: 

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Drink Absolut: Tom Collins



Ingredientes:

2 Partes de Gim
¾ Parte de Suco de lima-da-pérsia
¾ Parte de Xarope simples
Água com gás
1 Rodela Limão


Como misturar:

Mexer suco de lima-da-pérsia, gim e xarope simples em um copo alto. Encher com cubos de gelo. Completar com água com gás. Decorar com limão.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Salada Agridroce com Patê de Azeitonas Verdes





Ingredientes:

1 vidro de 170g de Patê de Azeitonas Verdes Santa Chiara
Folhas de alface, rúculas e agrião
Tomate cereja
Cenoura ralada crua
Cubos de queijo branco
Damascos cortados em tiras;
Orégano à gosto

Crutons para decorar

Molho Temperado

1/4 xícara (chá) de azeite
1/2 colher (sopa) de mostarda
Pimenta do reino moída, sal, suco de limão à gosto
Uma pitada de açúcar

Modo de preparo:

Coloque em uma vasilha as folhas de alface, os tomates, as cenouras, os cubos de queijo e o damasco. Misture os ingrediente do molho temperado separadamente. Acrescente molho à salada. Adicione 3 colheres de Patê de Azeitonas Verdes, misture bem e leve para gelar até a hora de servir. 
Antes de servir salpique orégano e coloque os crutons para decorar.

Tempo de preparo: cerca de 30 minutos